Pergunta do leitor: comprovação de renda

Mais um comentário, desta vez do Johnnatan:

Olá,
este blog é sensacional!
Gostaria tanto que vocês continuassem com as dicas para o mestrado! Pretendo tentar daqui a um ano…
Tenho uma pergunta, pra começar: você disse que era necessário comprovar renda de 500 euros mensais. Como é feita essa comprovação?

Oi Johnnatan! Valeu pelo elogio!

O blog está meio parado porque eu, Maíra, já não moro mais na Finlândia há três anos. Hoje estou na Itália, fazendo doutorado 🙂 Mas amo a Finlândia de paixão, e o Brasilialainen é uma maneira de manter o contato com esse que é, no coração, meu segundo país. Além do que, apesar de meio velhinhos, os textos antigos ainda podem ser úteis para muita gente.

Mas bem, à sua pergunta: na Embaixada da Finlândia em Brasília, exigiram de mim um extrato do banco mostrando o valor total necessário, em reais mesmo (ou seja, converta os 6 mil euros em reais, coloque uma gordurinha por cima só para garantir) assinado pelo gerente. Tenta conseguir um daqueles extratos consolidados em papel timbrado do banco, com carimbinho e assinatura. Só o extrato tirado de caixa eletrônico não vai servir. Se você tiver bolsa de estudos, é mais fácil ainda: a carta timbrada com a oferta de bolsa serve como comprovação.

Uma vez na Finlândia, para renovar o visto na polícia finlandesa (tem que renovar anualmente), você vai precisar comprar de novo o seguro-saúde (a validade do visto é sempre atrelada ao seguro) e comprovar de novo ter o dinheiro disponível para o ano todo. No meu caso foi mais fácil porque na hora de fazer a renovação eu estava empregada pela universidade como assistente de pesquisa, e mostrar o meu contrato de trabalho foi suficiente como demonstração de fundos.

Bom, claro que essa foi minha experiência de quatro, cinco anos atrás. Para ter certeza de que nada mudou no processo, melhor confirmar com o pessoal da Embaixada.

Um comentário: no meu caso, no primero ano a minha família me emprestou o dinheiro que eu precisava para comprovar a renda necessária. Minha avó fez a transferência de fundos para mim dois dias antes de eu tirar o extrato – portanto a transação apareceu no documento! Mas o pessoal da embaixada nem olhou para isso… Acho que eles não se preocupam com a possibilidade de você pegar o dinheiro emprestado e depois devolver; o importante parece ser demonstrar que você tem o dinheiro disponível. E, se você pensar bem, se você mentir que tem o dinheiro disponível quando na verdade não tem, o maior prejudicado é você mesmo. Porque o custo de vida é por baixo esse mesmo, 500 euros por mês, e uma vez na Finlândia, estrangeiros com visto de estudante não têm direito a nenhum dos benefícios que o governo oferece (auxílio estudo, auxílio moradia, auxílio desemprego, etc.). E, ao contrário do que muita gente pensa, conseguir emprego não é tarefa fácil quando não se fala finlandês. Eu acredito que essa exigência de comprovação de fundos é uma maneira que eles encontraram para evitar que os estudantes passem aperto desnecessariamente no país deles.

Espero ter respondido bem à sua pergunta 🙂 Um grande abraço e boa sorte!

This entry was posted in Estudo and tagged , , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to Pergunta do leitor: comprovação de renda

  1. Pingback: Pergunta do leitor: Bolsas de estudo na Finlândia? | Brasilialainen

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *